Dinâmicas



BRINCADEIRA DA VILA
Finalidade: descontração e integração / brincar
Características: competição / agilidade / espírito de equipe / controle corporal
Material:2 pares de sapatos / 2 paletós / 2 toalhinhas / 2 chapéus / 2 cxs. de fósforos / 2 velas / 2 chocalhos
Descrição: Duas equipes de igual número de participantes são colocadas em duas filas distantes o mais possível do “alvo”. No “alvo” encontra-se todo o material. O primeiro de cada fila, ao sinal de início do monitor, vai ao “alvo”, veste o paletó, o chapéu, a calça, o sapato, coloca a toalhinha no ombro, acende a vela, solta a caixa de fósforos no chão e sai correndo, batendo o chocalho sem apagar a vela, dando uma volta inteira na fila de sua equipe, votando ao “alvo”, tira tudo, apaga a vela, corre e bate na mão do primeiro da fila de sua equipe e senta-se ao final da fila. Este corre ao alvo e repete a função. A equipe que acabar primeiro ganha o jogo.
Observações:
-As roupas e objetos podem ser variados. A vela é importante manter.
-Brincar descalços e sem menos roupas possíveis (colares, óculos etc).
-Média de 3 metros, no mínimo, entre a fila e o “alvo”.
-O monitor deve funcionar como árbitro: caso a vela apague no meio do caminho a pessoa volta ao alvo, acende-a e continua correndo. / Caso largue alguma peça de roupa fora do lugar, voltará para consertar.




....................................................................................................

ANJO DA GUARDA

Objetivo :  
Motivar os participantes em sua caminhada de grupo, ajudar a se conhecerem melhor e conhecerem-se uns aos outros.

Como fazer: 
A dinâmica é um pouco parecida com "amigo secreto". Se for possível, deverá acontecer durante o ano todo ou por um longo período.

Pegar os nomes dos participantes, colocar numa pequena caixa,  e redistribuir aos mesmos. A pessoa não poderá pegar seu próprio nome.

Cada um será o "Anjo da Guarda" daquela pessoa que pegou. Deverá mandar mensagens de otimismo quando ela estiver desanimada, elogiar quando fizer alguma coisa boa, ou criticar quando a mesma estiver atrapalhando a caminhada do grupo.

O Anjo da Guarda não deverá revelar o seu verdadeiro nome. Usará um pseudônimo ou apelido. Deverá ter uma caixa onde todos colocarão suas mensagens para serem distribuídas  no final de cada encontro. Depois de um tempo definido pelo grupo deverá acontecer a revelação dos anjos. Depois poderá fazer um novo sorteio.

....................................................................................................
Amigo Secreto
Objetivo:
Refletir sobre a importância de se estar aberto a novas experiências e aceitar diferentes pontos de vista.
 Número de pessoas:
Indiferente
 Material necessário:
Cartãozinho com mensagens diversas ou lembranças (objetos) de baixo valor (artigos de R$1,99 por exemplo).
 Como Fazer:
O animador deverá preparar um número de presentes ou cartões equivalente ao número de participantes. Faz-se um círculo com os participantes e coloca-se os presentes ou lembranças no centro. Estes deverão estar numerados de acordo com o número de participantes. Em seguida distribui-se aos participantes os números correspondentes aos presentes. O participante que estiver com o número 1, deverá ir ao centro do círculo e pegar o presente ou lembrança que estiver com o número 1. O participante que estiver com o número 2, poderá escolher o presente n.º 2 que está no chão, ou o presente do número 1. Caso escolha o presente do número 1, quem fica com o presente n.º 2 é o participante número 1, e assim segue-se sucessivamente até o último participante. Se o grupo tiver 15 participantes, por exemplo, o que estiver com o número 15 poderá escolher tanto seu presente (o n.º 15) como qualquer um dos presentes já recebidos. O participante que tiver seu presente trocado não poderá negar a entrega, terá que trocar mesmo que tenha gostado.

Observações:
Essa dinâmica pode ser aplicada em encontros cujos temas estejam relacionados ao egoísmo, à aceitação da opinião alheia, solidariedade e relações interpessoais.