domingo, 7 de novembro de 2010

Presença da PJEst no DNJ de Campinas



Durante alguns meses muito se escreveu sobre o 25º Dia Nacional da Juventude. Histórias, sonhos, lutas, rezas, festas, experiências marcantes. Esses textos foram motivando ao grande dia, dia 24 de outubro de 2010.
Aqui no Centro da PJEst estávamos vivendo essa expectativa da participação nos eventos propostos pela Arquidiocese de Campinas, mas fomos surpreendidos com o convite para ministrar uma oficina, a oficina da Campanha Contra Violência e o Extermínio de Jovens. Que alegria pelo convite, a expectativa aumentou. Os contatos com os assessores do Centro da PJEst começaram. Todos deram sinal positivo, estariam comprometidos com a oficina e, assim, com a causa da Campanha.
Reuniões, preparações, orações marcaram essa organização. Na noite do dia 23 avisaram que uns 7 jovens dormiriam no Centro da PJEst. Para nossa surpresa e alegria apareceram quase 20. E dormir foi o que menos fizeram, estavam todos ansiosos para o DNJ. Havia possibilidade de chuva. Mas não choveu. Já de madrugada foram todos para o Parque Ecológico de Campinas preparar a chegada dos jovens. Eles chegaram.
Para iniciar o dia, foi feita a caminhada, centenas de jovens, cantando, rezando, gritando. Seguiram em direção ao local da Missa. Lá Dom Bruno e Pe. Jonas aguardavam a juventude para a celebração. Após a Missa iniciou-se as oficinas. A oficina da Campanha contou com dezenas de jovens. Oh, que momento gostoso. Jovens de diversos lugares, diversas cidades estavam juntos refletindo sobre a vida da juventude. Tantas ideias, tanta vontade de transformação social. Juntos estenderam as mãos para dizer BASTA, CHEGA DE VIOLÊNCIA E EXTERMÍNIO DE JOVENS.
Voltamos animados, prontos para levar adiante a campanha na Província Santa Cruz. Além da animação, voltamos agradecidos pelo convite da CAPJ para ministrar a oficina.