sábado, 18 de dezembro de 2010

Missão Jovem Estigmatina em Corumbataí

“Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz.”

Antoine de Saint-Exupèry

A pequena cidade de Corumbataí, que conta com cerca de 3.800 habitantes, foi privilegiada pela XII Missão Jovem Estigmatina que aconteceu nos dias 11 e 12 de dezembro. Cerca de 30 missionários visitaram as casas, fizeram caminhada pela paz, celebraram e festejaram com um belo “sarau”.

O sucesso dessa missão foi resultado da preparação feita por um grupo de jovens de Corumbataí. O período de preparação contou com várias reuniões, visitas às casas, pedidos de ajuda nos comércios e nas famílias, mas principalmente, contou com muita expectativa e sonhos. Os desafios que apareciam pelo caminho foram razões para mostrar a garra desses jovens e a medida que a data da missão se aproximava o coração pulsava mais forte e o grupo ia crescendo.

Na sexta-feira começaram chegar missionários. Quanta correria para os últimos ajustes. Preparar lanches, imprimir materiais, preparar salão etc. Ninguém parecia cansado, apesar de todos os trabalhos. O sorriso no rosto mostrava a alegria de ver os primeiros frutos que o trabalho estava proporcionando.

No sábado pela manhã chegaram os demais missionários, 32 ao total. Como é bom o reencontro, se torna um momento mágico. Gente de São Paulo, de Campinas, de Rio Claro, de Piracicaba, de Praia Grande, de Curitiba e de Parapuã. Jovens missionários representando as paroquias estigmatinas, as dioceses de Campinas e Piracicaba, os Palotinos e também as Irmãs Franciscanas do Coração de Maria. Mas em Corumbataí, todos foram estigmatinos, vivenciaram a “acolhida” (estigma da mão direita), a “confiança” (mão esquerda), a “doação” (lado), o “amor” (pé direito) e a “escuta” (pé esquerdo).

O Pe. Tadeu esteve presente o tempo todo, representando o Conselho Provincial da Província Santa Cruz. Era um jovem em meio a juventude. Com sua experiência e sabedoria contribuiu muito com os momentos de formações.

As visitas às famílias encantaram os jovens missionários. A acolhida, a confiança e os desabafos das pessoas enchiam os jovens de força para enfrentar estradas e o sol quente. O pouco tempo de missão não possibilitou visitar todos, mas as casas em que os missionários entraram tornaram-se um pouco mais iluminadas pela mensagem de paz e esperança que ali transmitiram.

O sábado a noite foi marcado pelo Sarau. O povo de Corumbataí estava lá contribuindo e contemplando a beleza das apresentações. Quanta coisa bonita podia-se ver naquela noite. Foi possível rir, encher os olhos de beleza com as apresentações de músicas, balé, danças, poesias, piadas, brincadeiras etc.

O domingo chegou, e com ele a caminhada pela Paz. Os jovens missionários saíram pelas ruas cantando, rumo a comunidade Nossa Senhora Aparecida, onde celebraram com a comunidade. Em seguida partiram para outras visitas. O bonito mesmo era ver a chegada à casa onde estavam hospedados. Todos tinham alguma coisa interessante para contar. Mas a tarde chegou e as 16 horas foi o momento de celebrar tudo o que a missão proporcionou e partir para as cidades de origem. O abraço carinhoso, a lágrima que rolava pelo rosto mostrava que a XII Missão Jovem Estigmatina foi mais uma ótima experiência de evangelização da juventude.

A missão jovem apresentou-se, mais uma vez, como sinal concreto de um modelo de Igreja mais ministerial e menos hierárquica. Foram jovens leigas/os que conduziram o serviço evangelizador. E o fizeram comunitariamente. Agora é necessário continuar com esta motivação para reencantar as juventudes, os padres, os/as religiosos/as neste trabalho com os grupos de base de nossas paróquias. Já está sendo planejando a próxima missão jovem e certamente contaremos com a presença e ajuda de todos os missionários.

Pe. Elizeu da Conceição

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sarau


Prepare sua apresentação, venha para Missão Jovem Estigmatina em Corumbataí, SP e se divirta muito.

Entre em contato conosco.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Missão Jovem Estigmatina



Olá querido/as amigos/as

Saudações em Cristo e Bertoni,

Neste ano celebramos o primeiro centenário da presença estigmatina em terras brasileiras, um motivo de grande alegria para todos nós. Sabemos que esta Congregação se dedicou, também, à juventude. Por isso, a PJEst quer celebrar esta festa com uma Missão Jovem Estigmatina na cidade de Corumbataí, SP, nos dias 11 e 12 de dezembro.

Gostaríamos de contar com a sua presença.


Inscreva-se até dia 03 de dezembro neste endereço: https://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=dGtMVnVqVzItVks4Qk5OQUd1TnhLbWc6MQ

Um grande abraço

domingo, 7 de novembro de 2010

Presença da PJEst no DNJ de Campinas



Durante alguns meses muito se escreveu sobre o 25º Dia Nacional da Juventude. Histórias, sonhos, lutas, rezas, festas, experiências marcantes. Esses textos foram motivando ao grande dia, dia 24 de outubro de 2010.
Aqui no Centro da PJEst estávamos vivendo essa expectativa da participação nos eventos propostos pela Arquidiocese de Campinas, mas fomos surpreendidos com o convite para ministrar uma oficina, a oficina da Campanha Contra Violência e o Extermínio de Jovens. Que alegria pelo convite, a expectativa aumentou. Os contatos com os assessores do Centro da PJEst começaram. Todos deram sinal positivo, estariam comprometidos com a oficina e, assim, com a causa da Campanha.
Reuniões, preparações, orações marcaram essa organização. Na noite do dia 23 avisaram que uns 7 jovens dormiriam no Centro da PJEst. Para nossa surpresa e alegria apareceram quase 20. E dormir foi o que menos fizeram, estavam todos ansiosos para o DNJ. Havia possibilidade de chuva. Mas não choveu. Já de madrugada foram todos para o Parque Ecológico de Campinas preparar a chegada dos jovens. Eles chegaram.
Para iniciar o dia, foi feita a caminhada, centenas de jovens, cantando, rezando, gritando. Seguiram em direção ao local da Missa. Lá Dom Bruno e Pe. Jonas aguardavam a juventude para a celebração. Após a Missa iniciou-se as oficinas. A oficina da Campanha contou com dezenas de jovens. Oh, que momento gostoso. Jovens de diversos lugares, diversas cidades estavam juntos refletindo sobre a vida da juventude. Tantas ideias, tanta vontade de transformação social. Juntos estenderam as mãos para dizer BASTA, CHEGA DE VIOLÊNCIA E EXTERMÍNIO DE JOVENS.
Voltamos animados, prontos para levar adiante a campanha na Província Santa Cruz. Além da animação, voltamos agradecidos pelo convite da CAPJ para ministrar a oficina.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

100 anos de Estigmatinos no Brasil


O ano de 2010 consagra o trabalho do primeiro centenário da Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo em terras brasileiras.
A Congregação Estigmatina, fundada por São Gaspar Bertoni, em Verona, Itália, em 4 de novembro de 1816, veio buscar terreno fértil para a sua Vocação Catequética, através de três bravos representantes: Pe. Henrique Adami (27 anos), Pe. Alexandre Grigolli (29 anos) e o Irmão Domingos Valzacchi (42 anos). Eles chegaram ao Brasil em 2 de dezembro de 1910 e deram início à missão, de acordo com a proposta do próprio Bertoni: “Ide e ensinai, em qualquer lugar, na diocese e no mundo”.
Os Estigmatinos (como são conhecidos) estão presentes em dez estados do Brasil, trabalham e celebram com as comunidades eclesiais, escolas e dioceses a alegria de ter contribuído por um século na evangelização do povo brasileiro. Com presença marcante para a Igreja do Brasil a congregação dos Estigmatinos ofereceu para as paróquias, escolas e universidades, dezenas de sacerdotes e cerca de nove bispos.
Presente em realidades de desafios sociais, culturais e geográficos diversos, os Estigmatinos fazem memória de um caminho percorrido por muitos que abraçaram o projeto de Jesus Cristo na Congregação dos Estigmatinos.

O início da história desta congregação no Brasil foi marcado pela fé no desconhecido. O que impulsionou aqueles três religiosos foi a fé, o sonho e o desejo de servir ao Senhor em qualquer parte do mundo. E hoje queremos olhar para trás, rever o caminho, lembrar de tantas pessoas, padres, irmãos, leigos e leigas, jovens ou não, que nos ajudaram nesta missão e através da leitura da história pedir a Deus esperança para continuarmos o caminho lançando sementes e contribuindo com a missão de anunciar o Evangelho a toda criatura.


Rogério Melo

domingo, 26 de setembro de 2010

Carta ao Pe. Elizeu

Querido Elizeu,

Neste dia de celebração, de missão e de serviço desejo que junto desta simples cartinha minha chegue até vós meu abraço mais fraterno e algumas palavras.

Que alegria ver tua Vida doada na radicalidade da Vida Religiosa, segundo o carisma Estigmatino. Que alegria ver sua vida doada, partilhada pela Vida, pelo Reino e pela Juventude. Que alegria saber de sua ordenação, sinal de serviço, missão e doação total. Que alegria ver seu testemunho, sua dedicação à causa juvenil.O que significa uma ordenação presbiteral? Sinal de doação, de entrega, de vida doada... Sinal de envio pela Vida, em especial dos jovens e pobres... Sinal de compromisso radical com o Seguimento de Jesus... Sinal de adesão à uma proposta... Sinal de adesão à luta pela Vida... Tudo o que pudermos dizer, ainda s
erá pouco.. Há em uma ordenação, um mistério maior que tudo o que possamos dizer...

Nesta nova etapa de sua entrega e vida que se inicia hoje, lhe trago cinco coisas que espero e desejo que nunca faltem em seu caminhar:

Mistério – Que o Mistério esteja com você... Que você viva o mistério.. e não o mistério do que é escondido, mas também o mistério do viver junto, do amar, do cuidar, do sonhar, do doa a vida, do servir... O mistério de Amar e Sonhar... e Viver o Amor e Viver o Sonho....

Cuidado – Cuidado com a Vida, com a Vida dos pobres, com a Vida da Juventude, cuidado com sua própria Vida...

Adesão – Adesão à proposta de Jesus na radical opção preferencial pelos pobres e jovens...

Felicidade – Que esta nunca falte em seu caminho... Mesmo com as dores e pedras do caminho que a Felicidade de doar a Vida, de servir, de seguir a Cristo radicalmente, do querer bem, da felicidade pelo dia que se inicia, da felicidade pela simples felicidade, nunca lhe acabe ou cesse...

Esperança – Espera-Esperança no Jovem Galileu, que amou até o fim e que doou sua Vida pela Vida para todos/as....

Querido Elizeu meus parabéns por sua ordenação! Muito Obrigado pela Vida doada e partilhada no seguir a Cristo na Vida Religiosa...

Que o Caminheiro de Nazaré, Deus da Vida, caminhe contigo por todo o tempo e por todos os teus caminhos...

Conte sempre comigo,

Abraços Juvenis,



Luis Duarte Vieira

Ordenação sacerdotal - Pe. Elizeu da Conceição




Nasci na cidade de Santo Antônio do Sudoeste, PR, no dia 20 de Agosto de 1982. Meus pais, Helio e Irene me educaram na alegria de ser irmão gêmeo da Elizete. Lembro-me bem da minha infância, meus avós, meus tios e tias, primos e principalmente meus irmão Jairo, Ladi, Zenilda e Neila. Eram tantos sonhos, fantasias e brincadeiras que sinto saudades.



A comunidade onde vivi e os primeiros amigos não me saem da lembrança...

Fui criança que brincou, correu, machucou, andou de bicicleta e trabalhou na roça com a família.

Desde pequeno sentia o chamado de Deus, mesmo sem entender direito. Era visível até mesmo nas brincadeiras (celebrando missas). Este chamado foi amadurecendo com o exemplo de meus pais e principalmente com as orações e ensinamentos que me transmitiram.



Conheci e me encantei pela Congregação dos Estigmatinos e em fevereiro do ano 2000 entrei para o seminário em Ribeirão Preto, SP, cursei filosofia na PUC em Campinas, SP; Fiz meu noviciado em Uberaba, MG e finalmente cursei teologia no ITESP em São Paulo, SP.



No ano 2005 fiz meus primeiros votos na Congregação. Em 2009 fiz os votos perpétuos e em seguida recebi o primeiro Sacramento da Ordem, o Diaconato.


Tive a alegria de desenvolver um trabalho pastoral junto a FABER; Em algumas comunidades e no Hospital Boldrini de Campinas; Em algumas comunidades de Uberaba, MG; em Santo Andre, SP; e finalmente, com muito carinho, junto a Juventude, onde atualmente sou assessor provincial da PJEst.

Chegou o tão sonhado dia que surgiu como uma graça tão grande e comprometedora que me impulsiona para fidelidade evangélica de compromisso com os pobres e com as juventudes. O dia da ordenação (18/09) e o dia da primeira missa (19/09) foram encantadores e emocionantes.

Fui ordenado pelo Bispo auxiliar de Curitiba Dom João Carlos Seneme. Houve uma presença muito significativa de padres estigmatinos, diocesano e outras congregações. Senti muita segurança pela companhia destes irmãos, sei que poderei contar com eles em meu ministério.

Fiquei impressionado com o número de pessoas. E cada rosto tão próximo, tão amigo, tão cheio de alegria, expectativa e energia. Pessoas de tantas cidades e cidades longes, quero lembrar os estados de onde elas vieram, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, também do Paraguai e Argentina. Só a presença deles me encheu de alegria.

A primeira missa, na comunidade onde nasci (km 13) foi impressionante pela mística, pelas pessoas, pela homília do Pe. Hilário Dick (que encantou a todos), pelo espaço, pela minha família e pelo que isso significava para aquele lugar.


Não há palavra para agradecer aos que me ajudaram. Mas a cada um que esteve presente em todo processo de minha formação quero demonstrar minha gratidão através da dedicação ao sonho que construímos juntos.


Pe. Elizeu da Conceição

terça-feira, 13 de julho de 2010

BOCA LIVRE



A Pastoral da Juventud

e Estigmatina realizou no dia 25 de setembro, no Centro da PJEst, em Campinas/SP, o segundo “Boca Livre”. Contou com a participação de três candidatos ao legislativo federal e do estado de São Paulo (Thiago, Biula e Politizador) que discutiram a partir de dois temas: “Educação e violência” tendo como base o Lema: Juventude, mu

ita reza, muita luta, muita festa, em Marcha contra a violência. Cerca de 30 lideranças jovens questionaram os candidatos e deram suas valiosas contribuições.

O “Boca Livre” já contou com a participação, n

a primeira edição que se realizou no dia 21 de agosto, do Pe. Hilário Dick, SJ, com o tema dos 25 anos do DNJ; de Carmem Lucia Teixeira, com o tema A Juventude quer viver e do Pe. Cleber, CSS com o tema da Reza e da Festa. Participaram do encontro cerca de 50 lideranças entre jovens e assessores/as.

Nas duas edições deste evento tivemos p

articipações valiosas de pessoas altamente

capacitadas ao trabalho juvenil. Isso nos fortalece e nos motiva à formação e a busca de instrumentos eficazes para formação e evangelização da juventude. Foram dois momentos ricos em diálogo, participação e inovação em termos de formação da Pastoral da Juventude Estigmatina.

O “Boca livre” não foi só para falar ou apresentar as questões do diálogo, mas também para comer e beber juntos/as. A equipe

de assessoria do Centro da PJEst organizou um gostoso lanche para todos os participantes.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Passeio ciclístico pela Campanha contra a violência e o extermínio de jovens

A juventude continua inovando, criando, usando algo de muito precioso que Deus lhes deu: a criatividade. Neste dia 04 de julho, mais de 30 jovens da Paróquia Santa Edwiges saíram rumo ao movimentado Parque do Taquaral, em Campinas, para mostrar sua adesão à Campanha contra a Violência e o Extermínio de Jovens em um passeio ciclístico.
A JOCAM – Jovens Construindo um Amanhã Melhor – organizou este passeio de forma exemplar: equipe de apoio, professor de educação física, pais, trajeto bem planejado, lanchinho (gostoso), etc. Isso tudo no domingo às 7 horas da manhã. Bom, vale lembrar que as 6h30 já tinha gente no local da partida. Eram jovens que organizavam este evento. Seus rostos iluminavam curiosidade, dedicação, expectativa e Deus (vida).
Após uma breve fala e oração se aqueceram, preparam-se para a partida, partida rumo a um sonho, o sonho de um mundo mais justo, com mais condições de vida digna. Ao longo do passeio cantávamos sem perceber com Gabriel Pensador: “Eu vou a luta, eu vou armado de coragem e consciência, amor, esperança, a injustiça é a pior das violências, eu quero paz, eu quero mudança. É, dignidade pra todo o cidadão, mais respeito, menos discriminação, desigualdade, não, impunidade, não, não me acostumo com essa acomodação. Eu me incomodo e não consigo ser assim, porque eu preciso da paz, mas a paz também precisa de mim, a paz precisa de nós...”
A curiosidade das pessoas que passavam por essa juventude era visível, certamente brotavam aqueles questionamentos: “Aonde eles vão essa hora da manhã? Por que usam essas camisetas contra a violência e o extermínio de Jovens? De onde são?” A curiosidade das pessoas era uma motivação a mais para os jovens.
Como foi bonito encontrar outros irmãos de luta. Dezenas de pessoas estavam no parque celebrando os 20 anos de ECA – Estatuto da Criança e Adolescentes. A sensação era de que não lutamos sozinhos. Entre tantos jovens praticando esportes (correndo, caminhando, andando de patins, skate, fazendo acrobacia em suas bicicletas) estavam os jovens marchando contra violência e o extermínio de Jovens. Sentados em circulo no chão, celebraram, rezaram, mostraram seu rosto.
Como é importante e motivador ver borbulhar tantas ações nesta campanha entre os grupos de base. Ver jovens como Felipe, Janaína, Maíra, João Paulo, Jackeline envolvidos nessas atividades nos mostram que é possível continuar sonhando e lutando pela vida das juventudes.
O Deus da caminhada, da juventude e da inspiração nos motivará sempre na luta pela vida e nos colocará unidos na construção deste reino.


Valeu amigos e amigas, irmãos e irmãs de luta, nos encontraremos sempre neste ideal e nesta caminhada.


Diác. Elizeu da Conceição

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Mensagem de D. Pedro Casaldáliga


Jovens, façam de sua juventude a ocasião decisiva para definir sua vida. Como opção pelo Reino, no seguimento de Jesus. Sejam radicais, alegres, servidores. Vivam a comunidade. Vivam a cidadania. Vivam a família. Não brinquem com os pobres, não brinquem com o amor, não brinquem com a política. Não brinquem com o Evangelho. Sejam páscoa na Páscoa! n’Ele, juventude, aquele abraço.


Abraços e Força na Luta!
Paz e Bem

domingo, 23 de maio de 2010

MISSÃO JOVEM ESTIGMATINA

MISSÃO, MISSÃO, MISSÃO!
Galera, o conselho provincial aprovou a próxima Missão jovem Estigmatina.

10 à 12 de dezembro. Em Corumbataí, SP.
logo, logo mandarei mais informações a respeito, pois pretendemos realizar uma grande Missao e um grande Encontro Juvenil.